Afinal, realmente dá para vender mais com marketing digital?

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn

Em períodos de crise financeira, pequenos e médios empreendedores buscam formas de se diferenciarem de grandes marcas e atraírem um novo público. Atualmente, tornou-se mais difundida a possibilidade de vender mais com marketing digital, e a solução tem sido amplamente utilizada.

O que é marketing digital?

Diferente do que muitas pessoas leigas acreditam, o marketing digital não consiste apenas em técnicas como publicar conteúdos em blog, interagir em redes sociais e mandar e-mails marketing.

Uma estratégia eficiente de marketing digital se propõe a atrair novos clientes e fidelizar os antigos por meio de um conjunto de soluções, desenvolvidas conjuntamente, com foco no público-alvo do negócio.

Dessa forma, podemos considerar como marketing digital os recursos empregados na internet visando gerar e converter leads que tenham interesse no que a empresa tem a oferecer — e, assim, fazer com que se tornem clientes.

Como vender mais com marketing digital?

Muitos empreendedores iniciam uma atuação na internet com o objetivo de vender mais com o marketing digital. Entretanto, é necessário saber quais soluções podem ser mais eficazes para o segmento de atuação, assim como quais vantagens podem ser extraídas da presença online.

Para vender mais usando uma estratégia de marketing, é necessário, inicialmente, conhecer quais as diferenças entre digital marketing e digital sales.

Digital marketing

Está associado às atividades de entrada, como atrair, gerar e nutrir leads. Consiste no uso de técnicas como SEO, redes sociais, e-mail marketing e PPC, entre outras, com o objetivo de realizar uma abordagem de um para muitos, direcionando para uma jornada de compra previamente delineada.

Digital sales

Representa as atividades de saída, que seriam as ações tomadas visando uma abordagem de venda direta; de um vendedor para um possível comprador envolvendo meios digitais, como e-mail, redes sociais ou site.

Para desenvolver uma estratégia de marketing digital capaz de aumentar as vendas, é necessário reconhecer que marketing e vendas consistem em dois processos distintos dentro de uma empresa, assim como exige profissionais qualificados em formações diferentes.

O marketing não é, isoladamente, o responsável pelo aumento das vendas. Ele permite que haja um processo de atração e nutrição de leads que qualifique e prepare mais pessoas para serem abordadas comercialmente pelo empreendimento.

Como otimizar a estratégia de marketing digital?

Ao conhecer as diferenças entre marketing e vendas, o empreendedor pode desenvolver estratégias muito mais eficazes para essas duas áreas. As particularidades de cada setor são o que permite promover ações mais eficientes e que geram melhores resultados.

Sendo o objetivo da empresa a otimização da estratégia de marketing digital, por exemplo, uma série de ações pode ser desempenhada visando alcançar esse ideal. Confira algumas dicas que possibilitam a melhora da solução de marketing empregada!

1. Analisar a concorrência

Um dos primeiros passos para desenvolver uma solução de marketing digital que permita vender mais é conhecer como os concorrentes têm atuado e buscar diferenciais para a marca.

Realizar uma análise de benchmark proporciona esse amplo conhecimento sobre as ações adotadas pelas principais empresas concorrentes e permite a criação de uma estratégia que se destaque frente à atuação das demais.

Podem ser analisadas tanto as características do concorrente quanto a própria estratégia de marketing digital utilizada por ele, de acordo com o interesse da instituição.

2. Utilizar recursos de SEO

Atualmente, não apenas o uso de recursos de SEO (Search Engine Optimization) como palavras-chave e otimização de conteúdos deve ser usado visando alcançar diferenciais de negócios.

O “Google Meu Negócio”, por exemplo, permite o preenchimento de diversas informações que são apresentadas para o usuário no mecanismo de busca, durante a pesquisa. A empresa também pode usar recursos visuais de alta atratividade, como tour virtual, com imagens de alta qualidade do interior da loja, assim como localização.

Esses recursos melhoram o ranqueamento do site nos mecanismos de busca e são oferecidos por organizações parceiras do Google, aumentando a confiabilidade das novas opções.

3. Entender o valor de uma conversão

Ao investir em marketing digital, o empreendedor deve compreender o valor de cada conversão, seja no site, e-mail ou outros meios.

Cada conversão representa uma nova oportunidade de nutrição de um lead, ajudando-o a identificar um problema e apresentando a solução mais adequada para a situação. Esse processo tem início quando um visitante se converte em lead e representa o início de uma relação de confiança.

Por exemplo, ao passar os dados pessoais de contato, o usuário espera que a empresa só entre em contato com ele para realizar abordagens relevantes para o que ele está buscando. Atender essa expectativa é o início de um bom relacionamento com o potencial cliente.

4. Produzir conteúdo próprio

Uma vez que o marketing digital consiste no processo de atrair e nutrir leads, o empreendimento precisa ter algo a oferecer para manter esse usuário ativo e interessado. Na internet, essa relação é possível a partir de conteúdos próprios.

Ninguém conhece melhor dos problemas que levam o cliente a buscar a empresa do que os próprios empreendedores. Dessa forma, o conteúdo deve utilizar do conhecimento a respeito do público-alvo para criar materiais relevantes e que permitam levar o lead adiante na jornada de compra.

5. Mensurar resultados

Entre os principais benefícios das soluções digitais está a possibilidade de mensuração dos resultados, o que viabiliza analisar a estratégia adotada e buscar otimizá-la.

São diversas as informações que podem ser mensuradas, como posicionamento de palavras-chave nos mecanismos de busca, taxa de cliques em páginas e anúncios, visualizações no Google Meu Negócio, taxa de conversão, retorno sobre o investimento etc.

Cada dado analisado oferece uma nova oportunidade de melhora para a estratégia, sendo possível identificar pontos fracos e fortes e aperfeiçoá-los de acordo com os resultados que têm sido obtidos.

Quando investir em uma estratégia digital?

Muitos empresários acreditam que um momento de recesso econômico pode não ser o mais indicado para investir em uma estratégia digital. Entretanto, o cenário favorece às empresas que melhor conseguem se apropriar dos novos recursos para um relacionamento mais eficaz com o consumidor.

Ainda que com um orçamento baixo, vender mais com marketing digital pode ser possível utilizando uma estratégia mais eficiente, valorizando aspectos visuais do negócio com fotos profissionais e buscando novas informações sobre as tendências de marketing no mercado.

Gostou deste conteúdo e acredita que ele possa ser instrutivo para seus contatos? Compartilhe-o em suas redes sociais e veja o que sua rede de amigos tem a contribuir!

Postagens relacionadas

Solicite uma proposta ou visita

Veja como colocar o tour virtual em prática no seu negócio!

Central de Atendimento em todo o Brasil

0800 024 3603