Marketing digital: tudo o que você precisa para ter sucesso

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn

Uma revolução na maneira de promover a comunicação entre marcas e clientes. Essa é a melhor maneira para começar a descrever o marketing digital. E é exatamente por isso que ele ganhou status de investimento primordial para empresas que desejam se destacar e crescer.

O melhor é que ele é um formato que atende empresas de praticamente todos os ramos de atuação e tamanho. Inclusivo, ele também permite que tanto negócios em pequenas cidades como nas metrópoles possam ter sucesso. Basta planejar com cuidado a sua estratégia, conhecer bem todas as ferramentas disponíveis e perseguir com afinco os objetivos estabelecidos.

Preparamos um artigo abordando tudo o que você precisa saber para usar o marketing digital, integrando-o aos seus investimentos tradicionais de conquistar mais clientes. Tentador, certo? Então continue a leitura e não perca as nossas dicas!

1. O que é marketing digital?

A internet já é algo tão próximo de grande parte das pessoas, que fica fácil perceber a presença do mundo digital no nosso cotidiano. Smartphones, tablets e TVs conectadas, redes sociais crescendo a todo vapor, aplicativos para os mais diversos fins e públicos.

A tecnologia está presente na forma como nos comunicamos — trocando e-mails em vez de cartas — e como absorvemos novas informações — você lendo este artigo na tela, e não em uma revista. E tudo isso em apenas vinte anos, aproximadamente.

É de se esperar que a forma como uma empresa se relaciona com o seu público consumidor também tenha mudado.

Antes, uma marca apenas dizia e o público escutava. Não era raro que as propagandas tivessem um tom imperativo e em formato massificado. A comunicação era unilateral.

Aí entra em cena toda a revolução digital, que quebrou as barreiras entre empresas e pessoas. Aos poucos, as pessoas — que antes apenas recebiam passivamente as mensagens — passaram a ter voz e poder dizer o que pensavam e o que queriam.

Hoje, uma postagem de apenas um usuário numa rede social pode viralizar e alcançar milhões em poucas horas, lançando uma empresa ao sucesso ou ao fracasso.

Para empreendedores, essa rapidez e popularidade também são uma ótima fórmula para vender.

O marketing digital é a promoção de seus produtos e serviços por meio de mídias online. Ele permite um contato direto e rápido com a clientela e prospects, oferecendo campo para a troca de informações, insights que podem ampliar seus negócios e ajudar a construir e sedimentar a sua identidade e o seu domínio sobre a sua atuação.

Além disso, as mídias digitais são mais fáceis de mensurar do que as mídias tradicionais, pois têm métricas claras e ferramentas que ajudam a visualizar erros e acertos para ampliar os resultados.

2. A importância do marketing digital

Pelo tópico acima, fica fácil perceber por que o marketing digital tem crescido tanto. Ele vem ao encontro da popularização do acesso à internet e da facilidade de se estar conectado. Ou seja, ele permite que uma marca esteja presente e próxima do seu público-alvo.

Fora isso, também temos outros aspectos a considerar:

2.1. Eliminação das fronteiras geográficas

Se você já produziu materiais gráficos, deve ter percebido como a área de distribuição afeta no resultado do investimento. Um flyer distribuído no entorno do seu estabelecimento dificilmente trará clientes do outro lado da cidade.

Ao incluir a internet na sua estratégia, você amplia o alcance das suas ações, atraindo possibilidades de negócios de praticamente qualquer lugar do mundo. Voltando ao exemplo do parágrafo anterior, seria como ter pontos de distribuição de flyers em cada cidade do globo.

O melhor: sem chances de virar rascunho ou ser simplesmente jogado no lixo.

2.2. Comunicação e interatividade

Pessoas querem respostas rápidas e fáceis. O marketing digital permite que a sua empresa esteja em contato direto com quem precisa para oferecer as soluções desejadas.

Quer um exemplo? Um perfil em uma rede social pode se tornar um canal de atendimento com chat em tempo real — plataforma gratuita e de boa qualidade — com o cliente. Se ele tem um problema com seu produto ou serviço, vocês podem trocar mensagens e arquivos (fotos, vídeos, imagens e textos) para resolvê-lo. Dependendo da situação, é possível realizar chamadas de áudio e vídeo.

Isso diminui a chance de mal-entendidos e dá ao seu negócio a chance de criar uma reputação digital que poderá ser compartilhada publicamente. Isso porque cada vez mais redes e páginas oferecem espaço para que os consumidores avaliem suas experiências de compra e deem nota aos serviços prestados. No Google e no Facebook, essas avaliações aparecem no topo da página (no resultado de pesquisa e na fanpage, respectivamente).

No Facebook — que hoje é a maior rede social do mundo —, aparece não apenas a nota dada pelos consumidores, como a média do tempo de resposta e os últimos comentários e mensagens.

Use essa importante ferramenta para atender bem, fidelize, crie um exército de indicações positivas e atraia novos clientes!

2.3. Segmentação e personalização

Se antes as mensagens de uma marca eram massificadas, hoje, com o marketing digital, é possível fazer com que elas cheguem ao público certo e no formato adequado.

Muitos de nós recebemos e-mails de empresas, certo? E as que mais nos cativam são justamente aquelas que segmentam e personalizam. Elas enviam ofertas que incluem a maioria dos itens sobre os quais nos interessamos, e algumas, inclusive, incluem nossos nomes e nosso histórico de pedidos.

Da mesma forma, algumas redes sociais apresentam anúncios e sugestões ligadas aos nossos interesses.

Como você pode perceber, as mídias online trazem eficiência e aumentam o retorno dos seus investimentos. Quando somados à sua estratégia de marketing offline (anúncios em revistas, materiais impressos, eventos, atendimento telefônico), as suas chances de sucesso crescem exponencialmente.

3. Como montar uma estratégia de marketing digital?

Agora que já explicamos a parte teórica sobre o marketing digital, é chegada a hora de aprender a aplicar os conceitos e criar uma estratégia para o seu negócio. Existem alguns passos que vão garantir bons resultados nessa empreitada. São eles:

3.1. Avalie a situação atual

O que você tem feito em termos de marketing, dentro e fora do universo digital? Se você já trabalha com canais online, perceba em quais o seu público participa mais. Também procure ler as críticas (positivas e negativas) e as sugestões que eles fizeram.

Depois disso, pesquise a concorrência, para saber quais os erros e acertos das estratégias deles. Aqui, é interessante eleger algumas marcas para você buscar inspiração para o seu negócio.

É essencial compreender o momento que sua empresa vive, pois é a partir dele que você poderá ter segurança para definir o passo seguinte da sua estratégia.

3.2. Defina os objetivos e metas

Você já sabe onde está e agora precisa definir onde quer chegar. É interessante começar estabelecendo um período para sua estratégia de marketing digital — geralmente, 12 meses costumam ser suficientes.

Sabemos que os principais objetivos de uma empresa tendem a ser vender mais e melhor, só que é preciso desenvolver isso em metas quantificáveis e que ajudem a determinar o sucesso das ações de seu plano.

Quantifique, definindo números que você possa acompanhar: aumentar em X% as vendas online ou fidelizar X% da clientela.

Se você já tem um site e pretende fazer um upgrade nele, por exemplo, precisa saber como usar as ferramentas disponíveis (voltaremos a falar sobre elas daqui a pouco) para atingir os objetivos de venda do seu negócio. Talvez criando uma vitrine virtual e investindo em fotos 360º dos seus produtos, por exemplo.

Ao definir as metas e objetivos, fica mais fácil definir os indicadores de sucesso (KPIs), acompanhá-los e saber se suas ações atingem os objetivos propostos ou se precisam ser modificadas.

3.3. Conheça o seu público-alvo e personas

Uma estratégia de marketing digital é feita para conquistar o seu público. Para poder conquistá-lo, é fundamental conhecê-lo. Pesquise, pergunte, avalie para entender quais os desejos e necessidades que os levam até a sua porta.

Crie buyer personas — representações semifictícias de seu cliente ideal — com riqueza de detalhes, procurando entender a fundo qual a jornada de compra delas.

Dessa forma, você consegue saber de forma mais exata quais são as perguntas a que você deve responder sobre a sua área, produtos e serviços para estabelecer uma relação de confiança. Assim, eles estarão muito mais propensos a fechar negócio com você e (se tudo correr bem) ser fidelizados.

3.4. Escolha os canais

Se você sabe aonde quer chegar, com quem quer se comunicar e como os receptores das suas mensagens de marketing se comportam, é hora de definir os canais para sua estratégia digital.

Eis os principais canais:

3.4.1. SEO

SEO significa Search Engine Optimization e pode ser entendido em português como otimização para canais de busca. Na prática, isso significa ajudar o seu site a estar o mais próximo possível dos primeiros resultados nos mecanismos de pesquisa online (Google, Yahoo!, Bing) sem pagar por isso, gerando tráfego orgânico para sua página.

Como? Descobrindo e usando as palavras-chave que seu público pesquisa no conteúdo produzido, trabalhando com links e referências… O importante é fazer isso de forma contínua e relevante.

3.4.2. SEM

Outra forma de atrair seus clientes é comprando espaço. SEM (Search Engine Marketing) compreende o uso dos links patrocinados nos mecanismos de busca. A diferença dele para o SEO é que, em vez de buscar uma boa posição no ranking de resultados, sua empresa vai comprar o topo.

O ideal é usar ambos (SEM e SEO) para garantir maior efetividade, principalmente nos termos de pesquisa em que seu site ainda não conseguiu garantir o topo. Afinal, melhor estar presente pagando do que não ser visto.

3.4.3. Conteúdo

A base de tudo na internet está nele, o conteúdo. Afinal, é isso que, de uma maneira ou outra, é postado.

O seu blog, então, é um canal primordial para garantir o que sua empresa precisa: material relevante, frequência na atualização, uso dos termos de pesquisa, responder às dúvidas e questões do seu público, alimentação dos perfis nas redes sociais.

Invista em diferentes formatos, para garantir o máximo possível que os visitantes — usando os mais diferentes dispositivos (desktop, smartphone, tablet) — possam acessar seus materiais: posts, webinars, vídeos, podcasts, infográficos etc.

3.4.4. Mídia Social

É preciso estar onde seu público está. E é lógico que as mídias sociais têm um papel importantíssimo.

Uma das grandes dúvidas de muitos empreendedores é saber definir quais as redes que merecem atenção na sua estratégia de marketing digital. A resposta é bem clara e direta: aquelas que suas personas mais usam.

Em vez de tentar manter perfis ativos em todas as mídias, foque aquelas que têm o maior potencial de retorno.

É preferível ter apenas um perfil bem-feito e bem posicionado do que dez sem atualização.

3.4.5. E-mail marketing

O e-mail marketing é um canal fantástico. Quando bem-feito, ele permite um acesso direto à caixa de entrada de cada um dos seus clientes e leads. O importante aqui é aprender a usá-lo a seu favor.

Crie mensagens atraentes, que, assim como no seu blog, site e perfis, ofereçam informações valiosas que levem à compra.

Você pode criar uma newsletter com novidades no seu segmento de mercado, enviar campanhas com promoções e datas especiais, informar sobre novidades no site, elaborar promoções com cupons…

O fundamental aqui é conseguir equilibrar a promoção da sua marca e produtos com relevância.

Observação importante: nunca inclua e-mails em sua base sem a permissão do seu cliente. Isso destrói a confiança e faz com que sua marca seja vista como spammer, não como uma empresa para se fazer negócio.

3.5. Desenvolva um calendário de ações

A partir de tudo o que foi feito até agora, é chegada a hora de organizar como seu plano será desenvolvido dentro do período estabelecido.

Além das datas para execução das tarefas e controle e avaliação, não esqueça de estabelecer prazos para o planejamento necessário para cada uma das ações. Ele também é uma boa forma de visualizar a sua estratégia como um todo.

Crie com atenção e inclua o seu acompanhamento na sua rotina.

4. Como mensurar os resultados?

Falamos acima sobre a importância de acompanhar a execução para garantir uma estratégia de marketing digital efetiva.

O interessante das mídias online é que elas costumam ter indicadores de performance que indicam com grande precisão a taxa de retorno dos seus investimentos. Basta que você tenha objetivos e metas bem definidas (falamos sobre isso lá em cima).

Existem muitas ferramentas que podem ajudá-lo na tarefa, e quais você vai usar vai depender principalmente dos canais que você escolheu.

No caso do seu site, por exemplo, o Google Analytics é a solução mais popular. Gratuita, ela permite que você veja como as pessoas chegam até o seu site, quantas pessoas se inscreveram na sua newsletter, o tempo que passaram por lá, a média de páginas visitadas etc.

Ela também ajuda a mensurar o retorno nos seus esforços de SEO. O melhor é que é possível programar para receber relatórios personalizados de forma automática.

Já nas redes sociais, dependendo da escolha, é possível ter acesso a uma boa quantidade de informações. O Facebook, por exemplo, tem um acompanhamento bem completo para perfis empresariais dentro da própria fanpage.

No caso do e-mail marketing, existem ferramentas de disparo — gratuitas e pagas — que geram relatórios de envio, cliques e atualizações que permitirão compreender a eficácia de cada uma das mensagens enviadas.

Portanto, pesquise e eleja aquelas que ajudem você a saber o que vai bem e o que precisa melhorar.

5. As principais ferramentas de marketing digital

Falamos acima sobre a mensuração de resultados e apontamos algumas ferramentas que vão ajudar você a acompanhar os resultados gerados nas mídias digitais adotadas em sua estratégia.

Agora chegou a hora de falar sobre algumas ferramentas que vão ajudar você a planejar e colocar em prática as ações que vão melhorar o posicionamento da sua marca na internet!

5.1. Pesquisa e monitoramento

Acompanhe as novidades do seu setor e da concorrência de forma automática, isto é, sem precisar dedicar seu tempo para a pesquisa entre concorrentes e sites de referência. Os Alertas do Google fazem isso de forma gratuita.

Se o objetivo é o gerenciamento de conteúdos e postagens nas redes sociais, uma das plataformas mais usadas é o Hootsuite, que permite que você agende e planeje as atualizações em seus perfis e páginas, e o plano gratuito tem análises básicas dos resultados.

5.2. Street View Trusted

O Street View começou como uma ferramenta curiosa, que permitia que as pessoas vissem o mundo da tela do computador. Aos poucos, ele passou a ser visto como uma poderosa ferramenta digital para o marketing das empresas — afinal, o Google é o principal mecanismo de pesquisa da atualidade.

Com ele, hoje em dia, você pode publicar um tour virtual do seu estabelecimento, um recurso de vendas poderoso.

O selo Trusted é parte de um programa que oferece um selo de qualidade para quem fornece o serviço de imagens 360º. Ele ajuda você a escolher um profissional ou agência que atenda às diretrizes de qualidade nas fotos, uma garantia de que o resultado final do seu tour seja impecável.

5.3. Imagens e vídeos de qualidade

Estamos na era das imagens. Aplicativos como o Instagram não param de crescer e conquistar adeptos. Portanto, a qualidade do material audiovisual postado é de extrema importância para garantir credibilidade e profissionalismo para a sua empresa.

Por isso, evite erros na hora de investir nesse tipo de conteúdo. Se você não tem muita experiência, a melhor forma de garantir que o cliente leve uma ótima impressão da visita ao seu site, loja virtual e redes sociais é a contratação de um profissional.

6. Saiba criar um site que destaque seu negócio físico

Agora chegou a hora de criar um site para ajudar você a atrair clientes e trazê-los ao seu estabelecimento. Separamos as principais tendências:

6.1. Layout personalizado

Sua página é parte da identificação visual do seu negócio. Por isso, não deixe de personalizar o layout, para que ele transmita a imagem que você deseja. Pense na composição dos elementos, o uso de cores, imagens e fontes.

Uma boa dica é seguir a mesma linha dos materiais gráficos e promocionais já produzidos. Eles vão ajudar a dar coesão à sua imagem e criar uma identidade única e forte da marca.

6.2. Indicação da localização

Se você quer que as pessoas cheguem até o seu estabelecimento, não deixe de indicar a sua localização!

Além de postar o seu endereço, você pode fazer uma integração com ferramentas gratuitas — como o Google Maps —, que trabalham com a definição de rotas por GPS.

Essa é uma ferramenta que vem conquistando cada vez mais adeptos, já que grande parte dos dispositivos móveis da atualidade têm esses aplicativos integrados.

6.3. Tour virtual

Essa é uma inovação tecnológica supervaliosa para qualquer negócio. Um tour virtual é um cartão de visitas online completo. Ele ajuda a sua clientela a conhecer o seu espaço e perceber como suas instalações estão preparadas para recebê-los.

Dependendo da sua área de atuação, esse pode ser um diferencial competitivo decisivo para que o cliente feche negócio. Se você tem uma pousada ou hotel, por exemplo, mostrar os quartos e áreas comuns cria uma maior segurança sobre o que você oferece.

Porém, ele não precisa ser aplicado apenas para o setor hoteleiro. Ele também é uma ótima ferramenta para construtoras e imobiliárias, oferecendo uma visita de sua carteira de imóveis e decorados.

Bares, restaurantes e salões de festa podem mostrar aos clientes o que os espera. Se você deseja oferecer seu estabelecimento para grupos e eventos, essa é a oportunidade de mostrar a sua estrutura e espaços.

O tour virtual e as imagens 360º de cada ambiente também diminuem a taxa de insatisfação por o ambiente não ser o que o cliente esperava. Afinal, ele pode fazer uma visita a partir de seu computador e perceber o que vai encontrar na hora da visita.

Esperamos que você tenha conseguido tirar a maioria das suas dúvidas sobre marketing digital. Aproveite esse conhecimento para criar uma estratégia de sucesso para o seu negócio!

Para ter acesso a outras novidades e informações que o ajudem a se destacar e deixar a concorrência para trás, não deixe de assinar a nossa newsletter. É gratuito!

Postagens relacionadas

Solicite uma proposta ou visita

Veja como colocar o tour virtual em prática no seu negócio!

Central de Atendimento em todo o Brasil

0800 024 3603